|

NOTIMP - Noticiário da Imprensa - 11/07/2017 / Embraer KC-390 pousa na Nova Zelândia

Imagem

Embraer KC-390 pousa na Nova Zelândia ...  


O cargueiro militar Embraer KC-390 pousou em Auckland na Nova Zelândia, vindo de Brisbane na Austrália.

A nova aeronave brasileira continua sua saga de apresentação para clientes potenciais depois de participar do Paris Air Show, passar pela Suécia, percorrer o Oriente Médio, Índia, Malásia e dois centros australianos.

Segundo informes locais, a Nova Zelândia tem cerca de US$ 1 bilhão para gastar na renovação do seu transporte aéreo e frota VIP na próxima década e terá que substituir o C-130 Hercules no início da próxima década.

Várias outras aeronaves estão sendo analisadas, incluindo o mais recente modelo do Hercules da Lockheed Martin, um novo modelo da Kawasaki do Japão e o novo gigante A400M da Airbus.

Imagem

(Tela do Flightradar24 mostra o trajeto do KC-390 da Austrália para a Nova Zelândia)



Acompanhe aqui o Noticiário relativo ao Comando da Aeronáutica veiculado nos principais órgãos de comunicação do Brasil. O NOTIMP apresenta matérias de interesse do Comando da Aeronáutica, extraídas diretamente dos principais jornais e revistas publicados no país.




PORTAL G-1


AFA abre 2º lote de ingressos gratuitos para Domingo Aéreo em Pirassununga, SP

Entrada no evento ocorre somente por meio da apresentação do convite.

Por G1 São Carlos E Araraquara

ImagemA Academia da Força Aérea Brasileira (AFA) abriu nesta segunda-feira (10) o segundo lote de ingressos gratuitos para o Domingo Aéreo, que podem ser adquiridos gratuitamente pela internet.
O evento ocorre no dia 13 de agosto em Pirassununga (SP) e desta vez não será permitida a entrada sem a apresentação do convite. Ao todo serão disponibilizados 60 mil ingressos, sendo 15 mil para cada lote.
De acordo com o tenente Márcio Inforzato, será utilizada uma tecnologia para controlar o acesso do público por meio de um sistema de credenciamento gratuito via internet. "Somente os visitantes com ingresso terão acesso à AFA no dia 13 de agosto", ressaltou.

ImagemExpectativa
O Domingo Aéreo é um dos principais e mais aguardados eventos de Pirassununga e reúne sempre um grande público na AFA.
"Esse ano vamos estar com novidades no céu e na terra. Temos programão das 9h às 17h com aeronaves civis e militares. Além disso, nossos amigos da Esquadrilha Halcones, do Chile, irão se apresentar conosco", contou o tenente do Esquadrão de Demonstração Aérea (EDA) Eduardo Marques.

Ingressos
Para quem quiser participar do Domingo Aéreo, é necessário se planejar. A AFA pede que o interessado só reserve o ingresso se tiver certeza que poderá comparecer.
Os ingressos são intransferíveis, ou seja, ao reservar não poderá ser repassado para outra pessoa. Além disso, os maiores de 14 anos devem se cadastrar utilizando o CPF.

ImagemNovos lotes

O 3º lote estará disponível a partir de 15 de julho. Já o 4º lote, a partir de 20 de julho. Todos os lotes se encerram às 23h55 do dia 11 de agosto de 2017, mesmo que não tenham se esgotado.
As desistências serão disponibilizadas no seu lote original, portanto, após encerrados podem surgir novos ingressos nos lotes já fechados.
Para o dia do evento, o ingresso deve ser impresso e apresentado junto a um documento de identificação com foto.

Diretor da Paramazônia é condenado por favorecimento em licitações do governo de RR

Ação foi ingressada em 2013 pelo Ministério da Público de Roraima, quando Arthur Nogueira Neto era piloto comissionado do governo.

Por G1 Rr

A Justiça condenou o diretor da Paramazônia Táxi Aéreo Arthur Nogueira Neto por ato de improbidade administrativa. Segundo o Ministéio Público do Estado, a empresa foi favorecida em licitações para a prestação de serviços de transporte aéreo ao governo de Roraima de 2006 a 2011.
A sentença do juiz Luis Alberto de Morais Junior da 2ª Vara da Fazenda Pública tira os direitos políticos de Arthur Neto, que é ex-servidor do estado, no período de 3 anos. Além dessa proibição, ele perde o direito à função pública, caso exerça. A decisão é do dia 4 de julho.
De acordo com o MP, os crimes ocorreram quando Arthur era servidor comissionado da Casa Militar, onde exercia o cargo de piloto de helicóptero. A denúncia contra ele foi protocolada em 2013 pela Promotoria de Justiça de Defesa do Patrimônio Público
As investigações identificaram que paralelamente à atividade de servidor público, Arthur Neto atuava como um dos sócios da empresa que mantinha contratos com a Casa Militar e secretarias estaduais de Saúde e Educação, prática proibida por lei.
O G1 tentou contato com Arthur Nogueira Neto, mas ele não retornou às ligações.

Acidentes envolvendo a Paramazônia
No dia 14 de junho deste ano um monomotor da Paramazônia caiu na terra indígena Yanomami. Nele estavam o piloto, Elcides Rodrigues Pereira, o ‘Peninha’, e o técnico de enfermagem Ednilson Cardoso, que sobreviveram após um pouso forçado no Rio Catrimani.
Um helicóptero pilotado por Arthur Neto foi ao local para fazer o resgate, foi quando Peninha, que não sabia nadar, acabou caindo e desapareceu nas águas do rio. De acordo com o técnico de enfermagem, era Arthur Neto quem pilotava o helicóptero de resgate.
Quase 20 dias depois, outro acidente envolvendo a Paramazônia Táxi Aéreo causou a morte de quatro pessoas, o piloto e três servidores do Ibama.
O único sobrevivente, Lazlo Macedo de Carvalho, teve 54% do corpo queimado e recebeu os primeiros cuidados no Hospital Geral de Roraima (HGR). Três dias depois, Lazlo foi transportado em um avião da Força Aérea Brasileira para receber tratamento especializado no Centro de Tratamento de Queimados (CTQ) do Hospital de Força Aérea do Galeão (HFAG).
O Ministério Público Federal abriu procedimento investigatório para apurar as circunstâncias dos dois acidentes.
No sábado (8), Arthur Nogueira Neto informou que as duas quedas de aviões da Paramazônia Táxi Aéreo desgastaram a imagem da empresa que presta serviços na região Norte há 22 anos. Por esse motivo, a empresa será fechada e todos os 54 funcionários serão demitidos e devidamente indenizados.

Polícia prende 25 pessoas que soltavam balão na Grande SP

Presos terão que pagar fiança de valor entre R$ 1 mil e R$ 2 mil para serem soltos.

Redação

A Polícia deteve 25 pessoas em Arujá, na Grande São Paulo, que soltavam balão, segundo informou o SP1. De acordo com a polícia, elas fazem parte de um grupo da capital que alugou um sítio a 30 quilômetros do Aeroporto de Guarulhos só para praticar o crime.
Devido ao número de pessoas presas, a polícia precisou usar um ônibus para levar os detidos à delegacia. O grupo foi descoberto depois de uma investigação que durou mais de dois meses. Todos foram presos e só serão soltos depois de pagar fiança que varia de R$ 1mil a R$ 2 mil por pessoa.

MPF aciona Justiça contra ex-diretor do Exército por superfaturamento na Saúde

Enquanto diretor na área de Saúde, militar agiu para beneficiar empresa em licitações para dois hospitais da corporação, diz MPF. Prejuízo é avaliado em R$ 702,52 mil.

Por Gabriel Luiz, G1 Df

O Ministério Público Federal (MPF) entrou na Justiça contra o general do Exército Francisco Távora, que atuou como diretor de Saúde, e os empresários Joel de Lima Pinel e Temistocles Neto alegando que eles superfaturaram compras de equipamentos em dois hospitais da corporação. Foram ao menos duas aquisições, que ocorreram de forma desnecessária, o que teria causado prejuízo avaliado em R$ 702,52 mil.
Até a última atualização desta reportagem, o G1 não havia conseguido localizar o advogado de defesa do general e dos empresários. O exército informou que só se posicionaria nesta terça (11).
No entendimento do MPF, o ex-diretor agiu de forma a favorecer a empresa Microview – pertecente aos empresários que também são investigados –, direcionando as licitações dos hospitais de Curitiba e de Belém para que a fornecedora de material hospitalar vencesse. As licitações foram feitas sem pesquisa de preço e outras medidas necessárias, conforme determina a lei.
Para o MPF, por mais que as compras tenham sido tocadas por subordinados, a culpa cai apenas sobre o ex-diretor. Os demais agiram apenas conforme manda a hierarquia, argumentam os procuradores. O ex-diretor de Saúde era responsável pela gestão dos recursos em todo o país e detinha o controle do orçamento. Ele atuou à frente da área entre novembro de 2008 e abril de 2011.
“Ademais, não houve a descrição dos equipamentos médicos de forma precisa, suficiente e clara, e tampouco, Termo de Referência contendo as especificações/quantificações dos bens a serem adquiridos pelo setor interessado, o que dificultou os trabalhos de auditoria.”
 ImagemSegundo a ação judicial, além do general, a empresa e os sócios também devem ser punidos porque tiveram a “resolução repetida e sistemática de fornecer os bens extremamente superfaturados à Administração Pública em várias capitais diferentes”.
Os procuradores também citam que a empresa alvo do processo esteve "no centro de uma fraude milionária descoberta pela Controladoria-Geral da União no Hospital dos Servidores do Estado do Rio de Janeiro". Na unidade, foi identificado pela CGU superfaturamento de R$ 5,6 milhões.
À 21ª Vara Federal Cível de Brasília, o MPF pede o ressarcimento dos danos, pagamento de multa. Também solicita que o militar deixe a função pública (o que já ocorreu, pois ele não é mais diretor de Saúde do Exército) e impeça a empresa de manter contrato com o governo ou de receber benefício do poder público.

AGÊNCIA BRASIL


Conselho de Segurança da ONU aprova nova missão para a Colômbia


Da Onu News

ImagemO Conselho de Segurança da ONU decidiu nesta segunda-feira (10) que a Missão das Nações Unidas na Colômbia terá como sucessora a Missão de Verificação no país. A nova estrutura deve acompanhar a execução dos pontos previstos no Acordo Final entre o governo colombiano e as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), que incluem a reinserção política, econômica e social do grupo que durante anos fez oposição militar ao regime. A informação é da ONU News.
A resolução do Conselho prevê ainda que Missão de Verificação da ONU na Colômbia confirme as garantias de segurança além de estabelecer programas sobre medidas de segurança e proteção para comunidades e organizações em áreas afetadas pelo conflito.
O Conselho quer que o secretário-geral da ONU comece os preparativos para instalar a missão, que inclui recomendar em 45 dias os detalhes sobre o seu tamanho, os aspectos operacionais e o mandato a serem decididos pelo órgão. O mandado inicial da Missão de Verificação é de 12 meses com início em 26 de setembro de 2017, um dia após terminar a atual operação.
Atualmente, a Missão da ONU na Colômbia monitora e verifica a entrega de armas, o cessar-fogo bilateral e a cessação de confrontos entre o governo da Colômbia e as Farc. O Conselho de Segurança pede ainda à operação de paz que antecipe as ações da Missão de Verificação "dentro da sua configuração e capacidade atuais, até o momento do fim do seu mandato em 25 de setembro".

RÁDIO CBN


Anac é comunicada sobre acidente com avião de pequeno porte em Campo Mourão


Carina Bernardino

 Imagem
A aeronave era utilizada por paraquedistas.
Ouça> www.cbnmaringa.com.br/page/download.aspx

PORTAL AMAZONIA.COM


Após acidentes, empresa aérea fecha as portas em Roraima

Dois acidentes em menos de 20 dias prejudicaram imagem da prestadora de serviços aéreos, segundo empresário

Após registrar dois acidentes aéreos em 19 dias, a empresa Paramazônia Táxi Aéreo anunciou que fecha as portas em Roraima. De acordo com o G1 Roraima, o anúncio foi realizado pelo empresário Arthur Nogueira no sábado (8).
O empresário se limita prestar solidariedade aos familiares das vítimas e informou que a decisão foi tomada em função do desgaste da imagem da empresa, que presta serviço à 22 anos na região, por conta dos acidentes. Nogueira informou ainda que cerca de 50 funcionários serão demitidos, mas todos serão indenizados.

Primeiro acidente

O piloto Elcides Rodrigues Pereira, de 64 anos, o "Peninha", conseguiu fazer um pouso de emergência após uma pane mecânica sobre o rio Catrimani, na Terra Indígena Yanomami, dia 14 de junho. Ele e e o técnico em enfermagem Ednilson Cardoso aguardaram socorro, mas Peninha morreu após um resgate mal sucedido.
Segundo acidente
Quatro pessoas morreram, após um avião da empresa fretado pelo Exército Brasileiro cair no município de Cantá (distante a 35 quilômetros de Boa Vista) no dia 3 de julho. Cinco pessoas estavam na aeronave. Uma sobreviveu, mas com 50% do corpo queimado.
De acordo com o chefe da Defesa Civil, coronel Doriedson Ribeiro, o monomotor modelo PR-FMR Cessna 2010, caiu logo após a decolagem em uma floresta próximo à pista de pouso da Paramazônia.

OUTRAS MÍDIAS


JORNAL SÃO GONÇALO (RJ)


Aeronáutica abrirá 288 vagas

O mês de julho traz uma boa notícia para quem esperava editais de concursos públicos para as Forças Armadas. A Aeronáutica abre, no próximo dia 21, 288 vagas para admissão ao Curso de Formação de Sargentos. A Codemar e a Câmara de Nilópolis também continuam inscrevendo e, ao todo, as oportunidades somam 222. Mais detalhes podem ser conferidos no quadro ao lado..
De acordo com o Comando da Aeronáutica, o concurso visa admissão para o segundo semestre de 2018 (EA CFS 2/2018). Para participar do processo, o candidato precisa ter nível médio completo. O número de vagas para cada função diferente. Para aeronavegantes, nas especialidades de Comunicações e Foto Inteligência, são oferecidas 23. Para não-aeronavegantes nas especialidades de Guarda e Segurança, Eletricidade e Instrumentos, Meteorologia, Suprimento, Informações Aeronáuticas, Cartografia, Desenho, Estrutura e Pintura, Eletromecânica, Metalurgia e Bombeiro, são 137. Já para a área de Controle de Tráfego Aéreo (BCT) são 128 cargos.
A especialidade de Guarda e Segurança será apenas para candidatos do sexo masculino, ficando as demais áreas abertas também para mulheres. A Companhia de Desenvolvimento de Maricá (Codemar) continua com inscrições para 132 oportunidades, sendo 58 vagas imediatas e 74 de formação de cadastro reserva, para os três níveis de escolaridade (fundamental, médio e superior).
As chances são para: Advogado, Analista de Licitações, Arquiteto, Administrador, Contador, Analista Técnico, Arquivista, Assistente de Operações, Auxiliar de Topografia, Avaliador de Imóveis, Cadista, Operador de Rádio, Técnico de Edificações, Técnico em Contabilidade, Topógrafo, Agente de Campo, Assistente Administrativo, Recepcionista, Norteador (Sinalizador), Operador de Pushback, Auxiliar de Escritório, Auxiliar de Serviços Gerais e Motorista. Já a Câmara de Nilópolis, na Baixada Fluminense, reabriu 90 vagas imediatas, além da formação de cadastro reserva, para os três níveis de escolaridade (fundamental, médio e superior). Os cadastros terminam em 21 de agosto e podem ser feitos em: www.inesapconcursos.com.br

PODER AÉREO.JOR


Embraer KC-390 pousa na Nova Zelândia


ImagemO cargueiro militar Embraer KC-390 pousou hoje por volta das 7:00 PM (hora local) em Auckland na Nova Zelândia, vindo de Brisbane na Austrália.
A nova aeronave brasileira continua sua saga de apresentação para clientes potenciais depois de participar do Paris Air Show, passar pela Suécia, percorrer o Oriente Médio, Índia, Malásia e dois centros australianos.
Segundo informes locais, a Nova Zelândia tem cerca de US$ 1 bilhão para gastar na renovação do seu transporte aéreo e frota VIP na próxima década e terá que substituir o C-130 Hercules no início da próxima década.
Várias outras aeronaves estão sendo analisadas, incluindo o mais recente modelo do Hercules da Lockheed Martin, um novo modelo da Kawasaki do Japão e o novo gigante A400M da Airbus.
Imagem

(Tela do Flightradar24 mostra o trajeto do KC-390 da Austrália para a Nova Zelândia)

NZHERALD.CO.NZ (NOVA ZELÂNDIA)


Brazilian Embraer option to replace Hercules touches down in Auckland on whistle-stop visit 


The Brazilian option to replace New Zealand"s ageing Hercules transport fleet will be shown to Defence VIPs in Auckland today.
The Embraer KC-390 is a jet-engine aircraft about the same size as the Vietnam War era Hercules but can fly much faster and has greater multi-mission capabilities, including servicing New Zealand"s Antarctic operations.
Flightradar data showed a prototype of the plane landed at Auckland Airport just before 7pm yesteday after a flight from Brisbane.
It is due to fly about 10 minutes to Whenuapai air base at 8am where senior RNZAF and Ministry of Defence staff will look over the plane as they assess which is the best aircraft for this country"s tactical airlift needs.
Embraer is keeping the two-night stopover by the KC-390 low profile.
The company has been making planes for nearly 50 years, until now concentrating on the regional commercial market and small military planes.
The KC-390 is the biggest aircraft manufactured in South America and although it has yet to be certified for use, Embraer has said it is confident it will be by the end of the year and deliveries made to the Brazilian Air Force in the first half of next year.
The aircraft now in Auckland was on show at the recent Paris Air Show and flew through the Middle East, Malaysia and two Australian centres before flying across the Tasman, according to Flightradar.
New Zealand has about $1 billion to spend on its airlift and VIP fleet in the next decade and will have to replace its Hercules by early next decade at the latest as a range of modifications reach the end of their lifespan.
A number of other aircraft are in the running, including the proven latest model of Lockheed Martin"s Hercules, a new model Kawasaki twin-jet from Japan and Airbus" new giant A400M which has had some service in Europe.
Airbus made a big push into New Zealand in February and the plane was shown off by the plane maker earlier this year in Wellington and Ohakea at the RNZAF Air Tattoo to celebrate its 80th birthday.
By contrast, Embraer has no media activities planned in Auckland. It is not known whether Air Force and MOD personnel will fly in the plane which is capable of flying at 870km/h.

Ascom – Prefeitura de Rio Verde (GO)


Aeroporto ganha mais segurança e modernidade

Estrutura agora passa a contar agora com o Banco de Informações de Movimento de Tráfego Aéreo (Bimtra)

Maior aeroporto do interior do Estado e o único fora da capital com voos regulares, o Aeroporto General Leite de Castro passa a contar agora com o Banco de Informações de Movimento de Tráfego Aéreo (Bimtra). 
Uma equipe do Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA) foi recebida na semana passada pelo diretor do aeroporto para uma reunião com pilotos e proprietários de hangares da unidade. Na ocasião foram esclarecidas dúvidas sobre o funcionamento do sistema.

Além de mais segurança e modernidade, o banco de dados vai contribuir com os serviços de busca e salvamento da Força Aérea Brasileira.

RONDONIA DINAMICA.COM


O POVO NAS RUAS

Sérgio Pires
Carente de grandes eventos públicos de qualidade (o que se vê por aqui são shows caríssimos desses cantores sertanejos horrorosos, que destruíram a música popular brasileira), quando aparece alguma promoção gratuita, de grande porte, na Capital, a presença do público é imensa. Foi o que aconteceu nesse sábado, na área da Base Aérea, com a presença de milhares de pessoas para visitarem as aeronaves expostas, participarem de várias festividades e ainda para acompanharem de perto um show da sempre espetacular Esquadrilha da Fumaça. O final da tarde culminou também com grande público no Espaço Alternativo. Muita gente que iria para outra área de lazer da cidade (o Parque Circuito) desistiu, porque ali é área de drogados e marginais, de que vez em quando trocam tiros entre si, apavorando os frequentadores.

PORTAL NACIONAL SEGS (SP)


Intercâmbio: Prepare-Se Para Essa Experiência 

Ruhama Rocha
Ter intimidade com o idioma, de no mínimo 18 meses antes de viajar pode trazer benefícios para o estudante
Estudar no exterior tornou-se um objetivo cada vez mais comum entre os jovens brasileiros. Segundo a Belta – Brazilian Education & Language Travel Association -, desde 2003, o mercado de intercâmbio cresce mais de 15% ao ano. Grande parte dessa procura é por países de língua inglesa como Estados Unidos e Canadá, que já se tornaram referência em viagens desse tipo.
Mas, você já está preparado para essa aventura? A imersão na língua inglesa garante um aprendizado ainda mais rápido e eficiente, porém, para aproveitar bem essa experiência, é desejável ter uma intimidade com o idioma. “Ao estudar em meio aos falantes nativos, o aluno otimiza o aprendizado. Porém, para não perder tempo com vocabulário básico, como cumprimentos, pronomes e numerais, por exemplo, é interessante que a pessoa já tenha estudado um pouco em seu país de origem. Dessa forma, o intercambista consegue se dedicar a expressões coloquiais, jargões mais utilizadas em sua área de trabalho ou diálogos mais aprofundados”, afirma Lucchesi.
O curso intensivo de até 18 meses da English Talk, especializada no público adulto, que concilia a tecnologia com a presença do professor em sala de aula, oferece horários flexíveis e ensino individualizado, focado nas necessidades do aluno. O programa adota as melhores práticas de interação presencial entre alunos e professores, combinadas com a entrega de conteúdo interativo on-line, games e aplicativos para que auxiliem no ensino, ou seja, utiliza tecnologia avançada para que os alunos dominem a fluência do idioma. Outro grande diferencial da marca é o ambiente Omni-Channel, inspirado nas charmosas Coffee Houses, no qual os alunos vivem uma experiência de total imersão na prática da língua inglesa. Além disso, as franquias são centros oficiais autorizados para a aplicação de testes TOEIC® e TOEFL ® ITP.
“Esse formato é ideal para quem se prepara para um intercâmbio, pois, com o ensino híbrido e individualizado, o aluno pode se concentrar nos pontos que tem mais dificuldade e chegar ao seu destino de viagem preparado para absorver ainda mais a cultura local”, finaliza Lucchesi.

Sobre English Talk
A terceira marca da Move Edu oferece cursos de inglês voltado ao público jovem e adulto. Com uma metodologia inovadora, desenvolvida em parceria com especialistas da Universidade de São Paulo, a USP, e do Instituto Tecnológico de Aeronáutica, o ITA, o programa adota as melhores práticas de interação presencial entre alunos e professores, combinadas com a entrega de conteúdo interativo on-line, games e aplicativos para que auxiliem no ensino, ou seja, utiliza tecnologia avançada para que os alunos dominem a fluência do idioma. Lançada em janeiro de 2015, a marca possui unidades em Catanduva, Guarantã do Norte (Mato Grosso), João Pessoa (Paraíba) e 2 na capital paulista (Tatuapé e Santana). Até o final do ano de 2017, haverá também as unidades Cuiabá e Sinop (Mato Grosso) e Indaiatuba (São Paulo).

SITE DA ONG - O ECO.ORG.BR (AM)


Servidores do Ibama fazem vaquinha para manter família de sobrevivente de acidente no Rio 

Daniele Bragança
ImagemCom apenas uma semana desde o acidente que vitimou seus colegas, os servidores do Ibama transformaram o luto em solidariedade. Internamente, eles organizam um fundo para manter a família do único sobrevivente da queda do avião hospedada próxima ao hospital onde o analista ambiental está internado, em estado grave.
Lazlo Macedo de Carvalho, de 44 anos, teve 45% do corpo queimado e está sendo tratado no Centro de Tratamento de Queimados (CTQ) do Hospital de Força Aérea do Galeão (HFAG), no Rio de Janeiro, desde terça-feira (4). O estado de saúde do analista ambiental apresentou uma melhora e os médicos estudam diminuir a sedação para ver se ele está pronto para respirar sem a ajuda de aparelhos.
O Ibama cobre os custos da manutenção de Lazlo no Rio, mas não de sua família, que mora em Santos e veio para a capital fluminense acompanhar a recuperação dele.
Sem suporte financeiro do órgão, os servidores do Ibama de São Paulo iniciaram uma vaquinha interna para ajudar a família. A mobilização domina as discussões do grupo de e-mail dos servidores, tanto do Ibama quanto do ICMBio.

Acidente

Na manhã da última segunda-feira (03), quatro pessoas morreram após a queda de avião em Roraima. Os analistas ambientais Olavo Perin, de 35 anos, do Espírito Santo; Alexandre Rochinski, de 45 anos, de Santa Catarina e o técnico administrativo Sebastião Júnior, de 50 anos, de Roraima --. mais o piloto, Marcos Jardim, morreram carbonizados após a aeronave em que estavam cair sobre árvores logo após decolar da pista.
O acidente aconteceu em Cantá, município que integra a região metropolitana de Boa Vista, capital do estado. Só Lazlo sobreviveu.
O Cessna, prefixo PR-MFR 2010, da empresa Paramazônia, havia sido alugado pelo Exército para levar os servidores do Ibama para uma operação de combate à mineração ilegal na Terra Indígena Yanomâmi, área de fronteira, em uma ação da Operação Curare VIII. É o segundo avião da empresa a cair em menos de duas semanas.

CANALTECH.COM


100% nacional: Zenith e EESC enviam sonda à estratosfera para fazer experimentos


O Grupo Zenith, em parceria com a Escola de Engenharia de São Carlos (EESC), lançou para a estratosfera a sonda Garatéa-E por meio de um balão meteorológico. O projeto contou com cerca de 200 alunos em todo o Brasil, e realizará experimentos químicos, biológicos e eletrônicos.
A iniciativa visa divulgar a ciência e a engenharia aeroespacial, contando com projetos criados por crianças e adolescentes que são alunos do ensino fundamental e médio, mas orientados por um professor. Entre os experimentos, estão alguns sobre fungos, bactérias, plantas e sementes, para descobrir como seria sua sobrevivência naquele ambiente.
A sonda foi enviada pelo Aeródromo de Itápolis, com lançamento coordenado com a Força Aérea Brasileira e, paralelamente, houve a apresentação dos foguetes do grupo Topus, mostra dos aviões da equipe de Aerodesign, apresentação de futebol de robôs da equipe Warthog, apresentação do grupo de astronomia do IFSC, observação solar e apresentação do departamento de Engenharia Aeronáutica.

SITE PODER AÉREO.JOR


Embraer entrega o primeiro Phenom 100 para o sistema de treinamento de voo militar do Reino Unido

A Embraer entregou no dia 4 de julho o primeiro jato executivo Phenom 100 para o Affinity Flight Training Services. A aeronave foi selecionada para fornecer Treinamento de piloto multi-motor para as Forças Armadas do Reino Unido, como parte do programa de treinamento de voo militar (UKMFTS) do Ministério da Defesa do Reino Unido. O contrato com a Affinity compreende uma encomenda firme para cinco Phenom 100 e serviços, bem como uma opção para uma aeronave adicional.
“A partida do primeiro Embraer Phenom 100 do Brasil, a caminho do Reino Unido, é um marco significativo na preparação para entregar o programa MFTS Fixed Wing”, disse Iain Chalmers, diretor-gerente da Affinity. “A Affinity está feliz, isso foi alcançado antes do cronograma original do programa e espero ver a aeronave no RIAT 2017.”
“Estamos muito felizes com nossa parceria com a Affinity e pela oportunidade de participar do programa UKMFTS”, disse Jackson Schneider, presidente e CEO da Embraer Defense & Security. “O Phenom 100 oferece uma combinação consistente de desempenho superior, confiabilidade, baixos custos operacionais e alta disponibilidade. Não há dúvida de que a tecnologia avançada do Phenom 100 faz com que seja a solução certa para o MFTS das Forças Armadas do Reino Unido, e reduzirá os custos, assegurando a proficiência das equipes de voo”.
O programa de asa fixa destina-se a substituir o treinamento elementar, multi-motor e de voo básico que atualmente é entregue em plataformas antigas com uma nova solução totalmente integrada que fornece aeronaves de treinamento de última geração, dispositivos de treinamento baseados em terra e material didático, todos derivados do design de treinamento desenvolvido pelo Ascent Flight Training, o Training Service Provider do programa UKMFTS. Em 2014, a Affinity foi selecionada pelo Ascent Flight Training para fornecer e manter a aeronave selecionada para o programa UKMFTS.
O UKMFTS leva as tripulações das Forças Armadas do Reino Unido desde o treinamento inicial até as fases de treinamento de voo primário, básico e avançado, preparando-as para a chegada às suas Unidades de Conversão Operacionais designadas.
FONTE: Embraer

REDE BRASIL ATUAL


CPI mostra que governo infla déficit da Previdência com contas falsas

Para sustentar tese do rombo das contas, governo inclui regimes especiais de aposentadoria na Assistência Social. Segundo relator, não cabe à CPI se "embasar em contas falsas e barras forçadas"
por Redação RBA
São Paulo – Chegou hoje (10) à 21ª sessão a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investiga a natureza do suposto déficit da Previdência, alegado pelo governo de Michel Temer (PMDB), bem como por parlamentares da base aliada e setores da mídia, como razão para mover uma reforma no setor, que, se aprovada, vai dificultar ao cidadão ter acesso à aposentadoria. “Essa CPI há de provar que nossa Previdência é superavitária”, afirmou o presidente da CPI, senador Paulo Paim (PT-RS).
A CPI já ouviu diferentes representantes da sociedade, bem como especialistas de diversos setores, como o tributário. Esta sessão, no formato de Audiência Pública, foi destinada às representações de agricultores. “É uma sacanagem o que o governo quer fazer. Já ouvimos grandes devedores, grandes empresários e especialistas. Alguns roubam, vão na linha do desvio, da fraude, da sonegação e querem passar para o trabalhador pagar a conta. Eu digo que essa é a CPI da verdade, e no fim, vamos mostrar o problema da Previdência”, completou Paim.
Dessa sequência de encontros, a CPI pretende elaborar propostas para uma reforma que não puna o trabalhador, como explica o relator, Hélio José (PMDB-GO). “O compromisso dessa CPI é com a verdade. Não estamos aqui para fazer jogo de cena. Vamos colocar o dedo na ferida, doa a quem doer. E estamos fazendo o que deveria ter sido feito pelo governo, ouvir os setores da sociedade, os envolvidos, e apresentar uma proposta de reforma que garanta a sobrevivência do sistema e que garanta que todos possam ter um norte de sobrevivência para futuras gerações”, disse.
“Então, não vamos nos embasar em contas falsas e barras forçadas, de colocar valores de contas de militares que não entram na Assistência Social”, disse. O governo vem adicionando regimes especiais, como de servidores públicos e de militares na conta dos débitos previdenciários, na intenção, de acordo com o parlamentar, de inflar o déficit. “Não vamos admitir somar regime próprio com regime geral. São coisas distintas. Fazem para poder ter uma conta falsa e justificar o injustificável. Vamos colocar um ponto final nessa mentira. A sociedade vai ter um relatório limpo, íntegro e comprometido com a verdade”, concluiu.
O presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag), Aristides Veras dos Santos, reafirmou a natureza irreal do déficit. “O mito já está mostrado. Precisamos deixar claro que os agricultores devemos ficar no regime geral. Não tem como garantir um país justo sem uma agricultura funcionando plenamente. Quem emprega e produz para o mercado interno somos nós”, disse.
“O sistema previdenciário que temos hoje é solidário, universal e uniforme, com equivalência dos benefícios. Foi garantido direito de igualdade entre campo e cidade. A sociedade tem que entender o todo. A regra tributária brasileira é que não é justa. Segmentos que poderiam custear mais não são devidamente cobrados. A carga tributária do Brasil é uma das mais injustas do mundo. Quem é penalizado é sempre o trabalhador. Na nossa avaliação, existe um jogo de números para tentar convencer a sociedade desse suposto déficit. Tem setores da mídia também que estão tentando manipular a cabeça das pessoas e dos trabalhadores”, concluiu.
Entre os problemas citados pelos presentes para a manutenção da Previdência está a Desvinculação das Receitas da União (DRU). Ao assumir, Temer, com apoio do Congresso, em uma de suas primeiras medidas, ampliou o desvio, que passa recursos da Assistência Social para custear outras dívidas do governo. “O que existe é uma crise do Estado e estão transferindo o déficit do governo para a Previdência. A Previdência sobrevive, é um patrimônio do trabalhador. Entra crise, sai crise, ela continua viva, pois está dentro do orçamento da Seguridade Social”, afirmou Maurício Oliveira, da Confederação Brasileira de Aposentados, Pensionistas e Idosos (Cobap).
“Então, o Estado seca cada vez mais a seguridade. A DRU é um dos elementos de secagem da Previdência. E o Congresso a aumentou de 20% para 30%. Vão pegar mais enquanto tiver. Quando acabar o dinheiro da Previdência, as contas da nação vão explodir. Todo ano, a União tem que cobrir o rombo do orçamento fiscal. 40% de tudo que a União arrecada serve para cobrir as dívidas públicas. Dentro desse todo, a Previdência representa apenas 22% do gasto, com tudo pago. Rurais, área urbana também ajudam a pagar o juros da dívida. E continua funcionando, porque é um sistema de liquidez, que não para, por mais que o governo manipule, como estão fazendo todos os dias, através do Sistema de Informação da Administração Federal do governo. O governo aponta a Previdência como a culpada do caos”, completou.



Leia também:









Receba as Últimas Notícias por e-mail, RSS,
Twitter ou Facebook


Entre aqui o seu endereço de e-mail:

___

Assine o RSS feed

Siga-nos no e

Dúvidas? Clique aqui




◄ Compartilhe esta notícia!

Bookmark and Share



Eventos







Publicidade






Recently Added

Recently Commented