|

NOTIMP - Noticiário da Imprensa - 01/11/2016 / Embraer reduz prejuízo e ações sobem forte na Bolsa



Embraer reduz prejuízo e ações sobem forte na Bolsa ...

No terceiro trimestre deste ano, o prejuízo reportado foi de 111,4 milhões de reais ...

Karla Mamona ...

São Paulo – As ações da Embraer lideravam os ganhos do Ibovespa na tarde desta segunda-feira (31). Os papéis subiam 4,42% e eram comercializados na casa dos 16 reais.

O bom desempenho das ações se deve ao resultado do terceiro trimestre apresentado pela companhia na manhã de ontem.

A empresa reduziu o prejuízo para 111,4 milhões de reais. No mesmo período do ano passado, o prejuízo era de 387,7 milhões de reais.

O lucro ajustado foi de 255,9 milhões de reais, praticamente em linha com o valor obtido um ano antes.

No terceiro trimestre deste ano, a empresa entregou 29 aeronaves comerciais e 25 executivas (13 jatos leves e 12 grandes), ante 21 aeronaves comerciais e 30 executivas (21 jatos leves e nove jatos grandes) entregues no mesmo período do ano passado.

Apesar da alta registrada ontem, as ações da Embraer acumulam queda de 44% no ano.



Acompanhe aqui o Noticiário relativo ao Comando da Aeronáutica veiculado nos principais órgãos de comunicação do Brasil. O NOTIMP apresenta matérias de interesse do Comando da Aeronáutica, extraídas diretamente dos principais jornais e revistas publicados no país.




PORTAL G-1


Após um ano, morte de piloto em queda de avião ainda é investigada

Cenipa informa que ainda não tem data para concluir apuração, em Goiás. André Textor morreu após aeronave que ele pilotava cair no mar, na Bahia.

As investigações que apuram as causas do acidente que levou à morte o piloto Robson André Textor ainda não foram concluídas mesmo um ano após a queda. O jovem, que morava em Rio Verde, no sudoeste goiano, realizava uma apresentação de acrobacias com o pai e o irmão quando a sua aeronave caiu no mar.
O Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) informou à TV Anhanguera que a investigação está em andamento e que ainda não tem um prazo para a conclusão dos trabalhos. O órgão disse ainda que o relatório final do acidente será publicado no site do Cenipa assim que as apurações terminarem.
O acidente aconteceu no dia 31 de outubro de 2015 em Salvador (BA). André se apresentava na cidade durante uma comemoração do Dia do Aviador quando seu avião caiu no mar. Ele chegou a ser socorrido, mas não resistiu.
Na época do acidente, o pai do piloto, Ruy Alberto Textor, comentou que acreditava que algum objeto tivesse atingido a aeronave do filho. Um vídeo registrou dois objetos, ainda não identificados, nas proximidades do avião da vítima. “Realmente, eu fiquei impressionado com o que eu vi. Tinha alguma coisa, tem que ser investigado”, disse Ruy.
Um ano após a morte de André, o pai conta que o filho continua fazendo muita falta. “Todo dia a saudade aperta, o choro vem de vez em quando, mas também vem aquela lembrança bacana do sorrisão dele. Isso nos emociona e nos dá força”, recordou.
 O irmão da vítima, Tiago Textor, também se lembrou de como o piloto gostava de passar o seu tempo livre em família e conta que aprendeu muito com André. “Ele era muito apegado, então os momentos de lazer nossos eram juntos, era com a filha dele, era com a esposa. Isso é um ensinamento, uma lição de vida, para a gente aprender a valorizar o que vale a pena nessa vida”, afirmou.
Tiago disse ainda que sempre foi parceiro do irmão e que a morte dele fez com que precisasse mudar sua vida e hoje procura se inspirar ainda mais no irmão.
“Eu e o André sempre fomos muito amigos, então tive que aprender a viver de novo, praticamente. Perdi meu braço direito, meu irmão, meu amigo, mas vou tocar a vida de acordo com os princípios e valores que ele tinha e tanto ensinou para todo mundo”, disse.
Homenagens
Desde a morte de André a família parou de fazer shows de acrobacias. O trio fazia parte da esquadrilha “Textor Air Show” e se apresentava em todo o país.
O terminal de passageiros do Aeroporto de Rio Verde recebeu o nome do piloto em homenagem a ele. Amigos e parentes da vítima também inauguraram um memorial de André, com fotos modelos e prêmios que ele recebeu em vida. Ele já foi campeão nacional de acrobacias quatro vezes e tinha mais de 9 mil horas de voo.

Cenipa investiga queda de avião que matou casal em Jataí, GO

Órgão informou que analisa destroços da aeronave no local do acidente. Acácio Neto, 42, e a mulher, Tatiana Camilo, 39, morreram na hora.

ImagemO Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) informou ao G1, nesta segunda-feira (31), que está investigando a queda do avião que matou um casal em Jataí, região sudoeste de Goiás. O acidente matou o produtor rural Acácio Messias de Carvalho Neto, de 42 anos, e a mulher dele, a design de interiores Tatiana Carvalho de Camilo, de 39.
De acordo com o órgão, a equipe de investigadores realizou a ação inicial da apuração no último sábado (29), em Jataí. Em nota, o Cenipa informou que está analisando os destroços da aeronave no local do acidente. “O objetivo da investigação realizada pelo Cenipa é prevenir que novos acidentes com características semelhantes ocorram”, diz a nota.
 O acidente aconteceu na tarde da última sexta-feira (28). Acácio, que pilotava o avião, e a mulher dele morreram na hora. Eles estavam a caminho de uma fazenda em Doverlândia, a 210 km de Jataí.
A queda ocorreu a cerca de 300 metros da pista do aeroporto da cidade. No dia do acidente, o o administrador do local, Aluisio Daily Martins, afirmou que a aeronave decolou com dificuldade.
“A informação que a gente tem, de quem viu a decolagem, é que ele gastou muita pista para sair do chão e isso, talvez, pode ser por excesso de peso, e saindo do chão não ganhava altura suficiente para manter esse voo dele”, disse o administrador do aeroporto.
O tenente do Corpo de Bombeiros Édson Ferreira Ribeiro, disse ao G1 que testemunhas relataram que o avião voou por cerca de dez minutos e depois caiu. Ainda conforme a corporação, os corpos foram carbonizados, pois a aeronave explodiu após o acidente.
"As informações que nós temos é que o avião estava sem sustentação, não conseguiu ganhar forças para subir. Depois que ele bateu no chão, acabou explodindo", afirmou.
Os bombeiros agiram para apagar as chamas e fazer o rescaldo para evitar que elas voltassem a se propagar. Em seguida, a Polícia Técnico-Científica periciou o local e retirou os corpos.
Susto
Um vídeo mostra o avião logo após a queda. Autor da gravação, o empresário Juliano Barbosa Pereira passava pela BR-158 quando viu acidente, que provocou a morte de um casal (assista acima). “Vi o avião muito baixo, oscilando, aí fui para pegar o telefone e foi a hora que ele caiu”, disse.
O motorista Wander Vilela Borges trabalhava com Acácio e disse que a aeronave demorou a funcionar no dia anterior ao do acidente, na quinta-feira (27), em Caiapônia. “Na hora que foi funcionar ele, demorou a pegar, demorou a funcionar, vi que estava com um barulho diferente, mas funcionou e foi embora”.
Wander destacou que o avião passou por revisão há pouco tempo. “Recentemente, ele estava em Rio Verde dando manutenção dele”, disse.

PORTAL PANROTAS


Pesquisa: brasileiro confia mais nas Forças Armadas


As Forças Armadas são a instituição em que a população brasileira mais confia, segundo o Índice de Confiança na Justiça, produzido pela Escola de Direito de São Paulo da Fundação Getúlio Vargas. Segundo o índice, 59% dos entrevistados disseram confiar nas Forças Armadas.
Atrás das Forças Armadas, em sequência, estão a Igreja Católica (57%), a imprensa escrita (37%), o Ministério Público (36%), as grandes empresas (34%) e as emissoras de TV (33%). Para o índice, foram entrevistadas 1.650 pessoas residentes nas capitais e regiões metropolitanas do Distrito Federal, Amazonas, Bahia, Minas Gerais, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e São Paulo durante os primeiros seis meses deste ano.
Apenas 29% do total de entrevistados acredita no Poder Judiciário e 25% na polícia, seguido pelos sindicatos (24%) e redes sociais (23%). A Presidência da República é acreditada por apenas 11% da população, o Congresso Nacional por 10% e os partidos políticos por 7%.
Para a coordenadora do estudo, Luciana de Oliveira Ramos, a piora no desempenho da presidência, dos partidos e do Congresso, embora estes sempre se apresentem com índices baixos de confiança, se deve ao contexto político do período. “A ampla exposição do funcionamento dessas instituições na mídia seguramente provocou um impacto negativo na avaliação da população”, disse ela.
JUDICIÁRIO
O Índice de Confiança na Justiça foca principalmente na confiança da população no Judiciário. Em uma escala de zero a dez, a nota recebida por este poder no primeiro semestre deste ano foi 4,9 pontos.
O questionário perguntou também aos entrevistados qual a percepção de honestidade dos agentes da lei. Para metade dos entrevistados (50%), os juízes são honestos, enquanto 46% responderam o mesmo para os policiais e 41% para os advogados.
A maioria dos entrevistados (74%) também disse que as pessoas devem seguir a lei, mesmo quando a mesma é contrária ao que elas acreditam serem correto e 56% acreditam que uma pessoa deva seguir a ordem dada por um policial, mesmo discordando dele.
A pesquisa também apontou que 81% das pessoas ouvidas acham que, sempre que possível, as pessoas dão um “jeitinho” de não seguirem as leis e 76% responderam que é fácil desobedecer a lei no país.


PORTAL EXAME.COM


Embraer reduz prejuízo e ações sobem forte na Bolsa

No terceiro trimestre deste ano, o prejuízo reportado foi de 111,4 milhões de reais.

Karla Mamona

São Paulo – As ações da Embraer lideravam os ganhos do Ibovespa na tarde desta segunda-feira (31). Os papéis subiam 4,42% e eram comercializados na casa dos 16 reais.
O bom desempenho das ações se deve ao resultado do terceiro trimestre apresentado pela companhia na manhã de hoje.
A empresa reduziu o prejuízo para 111,4 milhões de reais. No mesmo período do ano passado, o prejuízo era de 387,7 milhões de reais.
O lucro ajustado foi de 255,9 milhões de reais, praticamente em linha com o valor obtido um ano antes.
No terceiro trimestre deste ano, a empresa entregou 29 aeronaves comerciais e 25 executivas (13 jatos leves e 12 grandes), ante 21 aeronaves comerciais e 30 executivas (21 jatos leves e nove jatos grandes) entregues no mesmo período do ano passado.
Apesar da alta registrada hoje, as ações da Embraer acumulam queda de 44% no ano.
PORTAL VEJA.COM


Acidente com Fokker 100 da TAM completa 20 anos

A aeronave caiu no bairro do Jabaguara, na Zona Sul de São Paulo e a cerca de 2 quilômetros do aeroporto de Guarulhos. Na tragédia, 99 pessoas morreram.

ImagemUm dos maiores acidentes aéreos da aviação brasileira, a queda do Fokker 100 da TAM, que matou 99 pessoas, completa 20 anos nesta segunda-feira. O avião caiu no bairro Jabaguara, na Zona Sul de São Paulo logo após decolar do aeroporto de Congonhas com destino ao Rio de Janeiro, às 8h26min do dia 31 de outubro de 1996. Entre as vítimas, 96 eram passageiros e tripulantes e três eram pessoas que passavam pela rua onde a aeronave caiu.
As investigações apontaram que houve uma falha mecânica, seguida por erro humano. A tragédia aconteceu a cerca de dois quilômetros do aeroporto e 24 segundos após a decolagem.
A TAM chegou a ter 50 aeronaves Fokker 100, o que fez dela a dona da segunda maior frota dessa aeronave no mundo, perdendo somente para a American Airlines, com 75 aviões. A estratégia de aposta em voos regionais foi o principal fator responsável pelo crescimento da TAM no Brasil nos anos 90. Com isso, o modelo Fokker 100 foi considerado a melhor escolha de custo-benefício para esse avanço.
O último voo de um Fokker 100 aconteceu em 2015 pela companhia aérea Avianca – o voo simbólico foi uma despedida da última aeronave do modelo que a empresa ainda possuía, encerrando um ciclo de 25 anos de história do Fokker 100 no Brasil.

JORNAL A CRÍTICA (AM)


Temer recebe futuro secretário-geral da ONU e chefes de Estado da CPLP

A CPLP é uma conferência com objetivo de aprofundar a cooperação entre nove países e avançar em projetos de educação, saúde, cultura e ciência e tecnologia

Pedro Peduzzi Agência Brasil

O presidente Michel Temer recebe nesta segunda-feira (31) visitas de cortesia de alguns dos chefes de Estado que vieram ao Brasil participar da XI Conferência de Chefes de Estado e de Governo da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP). Às 10h30, ele recebeu, na rampa do Palácio do Planalto, o secretário-geral eleito da Organização das Nações Unidas (ONU), Antônio Guterres.
O encontro da CPLP terá início às 15h25 no Palácio do Itamaraty, com a recepção aos chefes das delegações dos países participantes. Ainda pela manhã, no Planalto, Temer tem encontros prévios com o presidente de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa, às 11h, e com o presidente de Cabo Verde, Jorge Carlos Fonseca, às 11h30, com quem assinou acordo sobre serviços aéreos. O acordo prevê sobrevôo do espaço aéreo e escalas nos territórios dos dois países, desde que com autorização diplomática.
Cooperação será aprofundada
A CPLP é uma conferência que tem como objetivo aprofundar a cooperação entre nove países membros, com o objetivo de avançar em projetos em áreas como educação, saúde, ciência e tecnologia, defesa, agricultura, administração pública, comunicações, justiça, segurança pública, cultura e desporto.
Além do Brasil, fazem parte da comunidade Angola, Cabo Verde, Guiné Bissau, Guiné Equatorial, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. O encerramento da CLPL, que em 2016 comemora 20 anos, será amanhã (1º de novembro).
Ao final do evento no Itamaraty, será definido, por meio da Declaração de Brasília, o plano de trabalho da organização para os próximos anos. Neste ano, o tema da conferência é a agenda para desenvolvimento sustentável em 2030. Caberá ao Brasil presidir o grupo pelo próximo biênio, no lugar do Timor Leste.
A sessão de trabalho da conferência está prevista para às 17h, após a cerimônia de recepção das delegações no Itamaraty e da sessão de abertura. Às 20h, Temer oferecerá, no Palácio do Alvorada, um jantar em homenagem aos chefes de delegações.

OUTRAS MÍDIAS


JORNAL EXPRESSO (Portugal)


Guterres deseja que Brasil seja “um fator de entendimento entre as grandes potências”

Lusa
O futuro secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), António Guterres, disse esta segunda-feira à agência Lusa que espera que o Brasil possa ser "um fator de entendimento entre as grandes potências", sobre as quais paira "desconfiança".
"É fundamental que o Brasil possa ter um papel muito importante nas relações internacionais como país que é do grupo dos grandes países dos chamados BRICS [Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul]", disse António Guterres, no final de um encontro com o Presidente brasileiro, Michel Temer, no Palácio do Planalto, em Brasília.
O antigo primeiro-ministro português disse esperar que o Brasil "possa, ao mesmo tempo, ser um fator de entendimento entre aquelas grandes potências que hoje têm muitas formas de desconfiança a minar as suas relações", frisando que importa que "países como Brasil possam ajudar a favorecer o entendimento entre elas".
Sobre o encontro com Temer, Guterres disse que decorreu "naturalmente com o maior interesse".
António Guterres foi ainda questionado sobre se no encontro com Michel Temer falaram das pretensões brasileiras para ocupar um lugar no Conselho de Segurança da ONU, mas não respondeu.
O encontro decorreu antes da XI Conferência dos chefes de Estado e de Governo da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), na qual Guterres vai participar, com uma intervenção na sessão solene de abertura.
Integram a CPLP Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Guiné Equatorial, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste.

PORTAL EXPRESSO MT


Temer abre conferência de países de língua portuguesa em Brasília

Presidente discursou nesta segunda (31) a chefes de Estado de oito países.
Antonio Guterres, eleito secretário-geral da ONU, participou da cerimônia.

Fonte: G1
O presidente da República, Michel Temer, abriu, na tarde desta segunda-feira (31), a 11ª Conferência da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), no Palácio do Itamaraty, sede do Ministério das Relações Exteriores, em Brasília.
A comunidade, criada em 1996, reúne Brasil, Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Guiné Equatorial, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Entre os objetivos do grupo estão reforçar a diplomacia e cooperação entre os seus integrantes, além de difundir a língua portuguesa.
Durante a abertura da conferência, Temer fez um rápido discurso, de cerca de seis minutos, a chefes de Estado de oito países e convidou à mesa o secretário-geral eleito da Organização das Nações Unidas (ONU), Antonio Guterres, com quem já havia se encontrado na manhã desta segunda no Palácio do Planalto.
Segundo o Ministério das Relações Exteriores, a 11ª conferência da CPLP tem como objetivo o desenvolvimento sustentável. Na cerimônia de abertura, a presidência do grupo foi repassada do Timor Leste ao Brasil, país ao qual caberá comandar o grupo até 2018.
"Não posso deixar de expressar a enorme satisfação com que o Brasil sedia a cúpula da CPLP", afirmou Michel Temer na cerimônia.
Na abertura da conferência, os países da CPLP aprovaram incluir no grupo Hungria, Uruguai, República Tcheca e Eslováquia como Estados observadores.
Recepção
Cada chefe de Estado foi recebido pessoalmente por Temer na entrada principal do Palácio do Itamaraty e, após a chegada de todos os líderes, o grupo tirou uma foto oficial da conferência. Neste final de tarde, o presidente participa da sessão de trabalho da cúpula e, às 20h, promove um jantar no Palácio da Alvorada às delegações participantes. O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL) e o ministro da Educação, Mendonça Filho, também estiveram presentes no evento.
Pela manhã, o ministro das Relações Exteriores, José Serra, se reuniu com os ministros dos países da comunidade de língua portuguesa para tratar de temas econômicos. Após a conversa, Serra ofereceu um almoço no Itaaraty para os integrantes da Conferência.
Compromissos da manhã
Pela manhã, Temer recebeu o próximo secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), o português António Guterres, o presidente de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa, além do presidente de Cabo Verde, Jorge Carlos Fonseca, vice-presidente de Angola, Manuel Vicente, e do presidente de Timor Leste, Taur Matan Ruak.
Guterres chegou ao encontro por volta das 10h30 e, apesar de não ser um chefe de Estado, subiu a rampa do palácio. O português teve o nome aprovado para dirigir a ONU pela Assembleia-Geral da entidade no último dia 13.
Segundo a assessoria do Ministério das Relações Exteriores, Temer parabenizou o Guterres pelo cargo e, em seguida, discutiu com ele questões referentes ao cenário internacional. Um dos temas foi uma reforma no Conselho de Segurança da ONU. O Brasil vem defendendo nos últimos anos a criação de mais assentos permanentes no colegiado com poder de veto.
Em seguida, os outros líderes foram chegando, um a um, ao Planalto para se encontrar com o presidente brasileiro.
Na conversa com o angolano, de acordo com a assessoria da Presidência, Temer falou da necessidade de estreitar as relações entre os dois países. Já Vicente agradeceu um terreno que o governo brasileiro cedeu em Brasília para a construção da nova sede da embaixada angolana.
Ainda de acordo com o Planalto, Temer o presidente de Cabo Verde discutiram uma cooperação na área de segurança pública e assinaram um acordo sobre serviços aéreos.
Pelo acordo, as empresas aéreas de ambos os países poderão sobrevoar o território um do outro sem pousar, além de fazer escalas para fins não comerciais e com o embarque e desembarque de passageiros e bagagens em rotas pré-acordadas.
No encontro com o chefe de Estado do Timor Leste, Taur Matan Ruak, os presidentes discutiram a possibilidade de cooperações técnicas, principalmente em defesa e educação, afirmou o Planalto.
Primeiro-ministro de Portugal
Na manhã desta terça (1º), Temer deverá encerrar o evento dos países de língua portuguesa e dar uma declaração à imprensa no Itamaraty. À tarde, ele se reunirá com o primeiro-ministro de Portugal, Antônio Costa, no Palácio do Planalto.
No encontro bilateral, a 12ª Cimeira Brasil-Portugal, ambos tratarão de comércio, investimentos, cooperação em defesa, energia e de ciência, tecnologia e inovação, informou o Ministério das Relações Exteriores. Também estará na pauta a situação dos refugiados na Europa.
À noite, Temer oferecerá mais um jantar, desta vez no Ministério das Relações Exteriores e somente para a delegação portuguesa.

PORTAL BAGUETE - TECNOLOGIA E INFORMAÇÃO


CIC promove 7º Fórum de Inovação

Júlia Merker
O 7º Fórum de Inovação, realizado pela Câmara de Indústria, Comércio e Serviços de Caxias do Sul (CIC), terá como tema o empreendedorismo criativo, abordando a inovação como estratégia de virada auditório da CIC.
“O Fórum foi remodelado para fazer com que nossos empresários e executivos dediquem um dia para repensar as estratégias de seus negócios a partir de cases e palestras inspiradoras”, afirma a coordenadora da diretoria de projetos e inovação do CIC, Grasiela Tesser.
A expectativa da entidade é reunir aproximadamente 200 pessoas durante o evento.
Estão programadas palestras com consultores, apresentação de cases de sucesso, paineis de discussão e a entrega do 1º Prêmio de Inovação da CIC.
A palestra de abertura será com o CEO da Inova Consulting e Escola de Inovação de São Paulo, Luis Rasquilha, com o tema “Viagem ao futuro: como o mundo exponencial transformará os negócios e as empresas”.
Depois, haverá a apresentação de três cases: 8 Pilares da Inovação Google, com o gestor de Google Cloud Maurice Mello; Nave (Núcleo Avançado de Viagens Educacionais), com o gerente de Negócios do centro de inovação CESAR, Marcelo Nunes Alves da Costa; e Desenvolvimento da Aeronave de Transporte Militar Tático KC-390, com gerente sênior de Engenharia da Embraer Marcio Eduardo Regis Monteiro.
Na parte da tarde, a programação do fórum prevê a realização de quatro workshops simultâneos.
Entre os palestrantes estão Gabriel Coelho, CEO da Empodere-se; Lasier Gorziza, da Métrica Inteligência Competitiva; Thiarlei Macedo, presidente do TrinoPolo; e Rafaela Sanzi, da Innoscience.
A programação terá ainda a entrega do 1º Prêmio de Inovação CIC e palestras do CEO da 4All, José Renato Hopf, e de Mauricio Ferrante, diretor Comercial e Operações de Franquia da Óticas Carol.
As inscrições para o Fórum de Inovação devem ser feitas no site da CIC.

DF TV


Cerca de 200 paciente do Hospital da Criança recebem visita de militares da Força Aérea

Link para o vídeo: http://g1.globo.com/distrito-federal/dftv-2edicao/videos/t/edicoes/v/cerca-de-200-paciente-do-hospital-da-crianca-recebem-visita-de-militares-da-forca-aerea/5416806/




Leia também:









Receba as Últimas Notícias por e-mail, RSS,
Twitter ou Facebook


Entre aqui o seu endereço de e-mail:

___

Assine o RSS feed

Siga-nos no e

Dúvidas? Clique aqui




◄ Compartilhe esta notícia!

Bookmark and Share



Eventos







Publicidade






Recently Added

Recently Commented