|

Maior feira de aviação executiva da América Latina começa hoje (30.08) no Aeroporto de Congonhas em São Paulo



Maior feira de aviação executiva da América Latina começa hoje (30.08) no Aeroporto de Congonhas em São Paulo ...

Evento tem mais de 40 aeronaves expostas e 130 marcas de todo o mundo. Segmento de aviação executiva espera reaquecimento da demanda no segundo semestre. Um levantamento da ABAG (Associação Brasileira de Aviação Geral) mostra que frota brasileira cresceu 1,2% em 2015 em relação ao no anterior

A 13.ª edição da Labace (Latin American Business Aviation Conference & Exhibition) começa hoje, terça-feira, dia 30 de agosto em São Paulo, no Aeroporto de Congonhas (Avenida Washington Luís, 6.000). Ao longo dos três dias, os visitantes poderão ver o que há de novidade entre os principais fabricantes de aeronaves de todo o mundo, e também entre os principais fornecedores de peças e serviços. Para este ano, o evento vai contar com exposição de 130 marcas e uma área estática com 43 aeronaves.

O segmento espera uma retomada dos negócios neste segundo semestre. “A aeronave é uma ferramenta de trabalho para o executivo que precisa percorrer longas distância em um país continental como o nosso, então mesmo quem precisou vender no auge da crise, volta a comprar porque precisa”, disse Leonardo Fiuza, presidente do Conselho Administrativo da ABAG (Associação Brasileira de Aviação Geral). 

Um levantamento feito pela entidade revela que a frota brasileira de aviação geral cresceu 1,2% no ano passado, em comparação com o ano de 2014, e continua sendo a segunda maior do mundo, perdendo apenas para os Estados Unidos. Entre os modelos, os turboélices foram os que mais cresceram, aumentando 3,6% em 2015 em relação ao ano anterior. Os jatos registraram queda 2,7% no número de unidades presentes na frota brasileira.  

De acordo com o diretor-geral da ABAG, Ricardo Nogueira, dentre as regiões brasileiras, o Centro-Oeste, impulsionado pelo agronegócio, foi o que apresentou maior crescimento da frota, 3,6%, seguido pela região Norte, 3% e o Sul, 2,6%. “O Sudeste registrou uma diminuição da frota em 1,1%, graças a um movimento de exportação de aeronaves, motivado pela desvalorização do real frente ao dólar”, disse o executivo.  

Com um público cada vez mais selecionado, focando exclusivamente potenciais compradores, a Labace vem se consolidando como uma feira de negócios importante para o mercado global de aviação executiva. Muitos negócios são iniciados e até mesmo concluídos nos três dias de feira. 

Este ano, a abertura do evento será na terça-feira, dia 30 de agosto, às 10h30, com a presença de autoridades, imprensa e convidados. Para se ter uma ideia, entre as autoridades confirmadas estão Dario Lopes, representando o Ministro dos Transportes, Maurício Quintella, Antônio Claret, presidente da INFRAERO, José Ricardo Pataro, da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), Paulo Henrique Possas, da Secretaria de Aviação Civil (SAC). Depois a feira ficará aberta das 12h às 20h. O mesmo horário vale para o funcionamento da Labace na quarta, dia 31 de agosto. Na quinta, de 1° de setembro, o encerramento é antecipado em uma hora e a feira termina às 19h. Mais informações sobre ingressos e descontos para estudantes ou pilotos em http://www.abag.org.br/labace2016/visitantes.html


Leia também:









Receba as Últimas Notícias por e-mail, RSS,
Twitter ou Facebook


Entre aqui o seu endereço de e-mail:

___

Assine o RSS feed

Siga-nos no e

Dúvidas? Clique aqui




◄ Compartilhe esta notícia!

Bookmark and Share



Eventos






Publicidade






Recently Added

Recently Commented