|

Operação Ceres II: ANAC inspeciona mais de 50 aeronaves no Rio Grande do Sul



Operação Ceres II: ANAC inspeciona mais de 50 aeronaves no Rio Grande do Sul ...

Porto Alegre, julho de 2016 – Com o objetivo de ajudar a dissuadir o uso irregular dos agrotóxicos e coibir o seu contrabando por meio da utilização de algumas aeronaves da aviação agrícola registradas na região Sul do país, a ANAC inspecionou 52 aeronaves em oito cidades da região. A ação da Agência fez parte da Operação Ceres II, que ocorreu de 27/06 a 1°/07, em 12 cidades no estado do Rio Grande do Sul.

Coordenada pelos órgãos integrantes da Comissão Permanente de Controle e Fiscalização do Fórum Gaúcho de Combate aos Impactos dos Agrotóxicos (FGCIA), a operação integrada tem facilitado a articulação interinstitucional da sociedade civil e de órgãos públicos, promovendo o intercâmbio de conhecimentos, informações e experiências na busca da redução dos impactos dos agrotóxicos.

Das 52 aeronaves inspecionadas em Santa Maria, São Vicente do Sul, São Pedro do Sul, São Sepé, São Gabriel, Rosário do Sul, Cruz Alta e Jari, 21 delas foram suspensas ou interditadas por apresentarem más condições de manutenção, voos não registrados em Diário de Bordo, falta de identificação, entre outras irregularidades.

Houve, ainda, uma apreensão de aeronave por suspeita de voo com Certificado de Aeronavegabilidade cancelado. Além das ações da ANAC, oito pessoas foram presas pela Polícia Civil por estarem envolvidas em crimes ambientais.

Segundo o Fórum Gaúcho, além das irregularidades constadas nas aeronaves agrícolas, foram verificadas atividades sem licença ambiental ou em desacordo com ela, queima de embalagens de agrotóxicos, depósito/utilização de agrotóxicos irregulares, entre outras.

Integraram esta etapa da Operação os seguintes órgãos:

A Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), Fundação Estadual de Meio Ambiente (FEPAM), Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA), Laboratório de Análise de Resíduos de Agrotóxicos (LARP-UFSM), Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (MAPA), Ministério Público Federal (MPF), Ministério Público do RS (MPE-RS), Delegacia de Meio Ambiente da Polícia Civil (DEMA/PC-RS), e Secretaria de Agricultura, Pecuária e Irrigação (SEAPI).


Leia também:









Receba as Últimas Notícias por e-mail, RSS,
Twitter ou Facebook


Entre aqui o seu endereço de e-mail:

___

Assine o RSS feed

Siga-nos no e

Dúvidas? Clique aqui




◄ Compartilhe esta notícia!

Bookmark and Share



Eventos







Publicidade






Recently Added

Recently Commented