|

NOTIMP - Noticiário da Imprensa - 16/05/2016 / Novo governo religa radares meteorológicos desativados


Novo governo religa radares meteorológicos desativados ...


Após restrição de repasse de verbas orçamentárias estipuladas pelo governo federal no mês de abril, o novo governo que assumiu o país ordenou a religação de cinco radares meteorológicos controlados pela Força Aérea Brasileira (FAB).

Os equipamentos, cruciais no monitoramento meteorológico, principalmente em situações de chuvas volumosas ou tempestades, voltaram a operar no Distrito Federal (Gama), Espírito Santo (Santa Teresa), Minas Gerais (Três Marias), Rio de Janeiro (Petrópolis) e São Paulo (São Roque) no dia 06 de maio, mas somente na última semana, o governo garantiu o repasse da verba para a manutenção.

Ao todo, 23 radares meteorológicos estão instalados no Brasil e 11 haviam sido desativados pelo governo federal no último mês. Os equipamentos em regiões menos povoadas, principalmente na Amazônia, ainda não foram religados. A manutenção de cada radar meteorológico é de aproximadamente R$ 100 mil por mês.




Acompanhe aqui o Noticiário relativo ao Comando da Aeronáutica veiculado nos principais órgãos de comunicação do Brasil e até do mundo. O NOTIMP apresenta matérias de interesse do Comando da Aeronáutica, extraídas diretamente dos principais jornais e revistas publicados no país.




JORNAL FOLHA DE SÃO PAULO


Fora da sombra


Ruy Castro

RIO DE JANEIRO - Um ex-ministro da presidente afastada Dilma Rousseff, já prevendo os dias difíceis que terá pela frente, mandou espalhar por Brasília que está procurando emprego —"até mesmo na iniciativa privada", acrescentou. O ministro subitamente desempregado não deveria desesperar-se. Apenas juntou-se aos mais de 11 milhões de brasileiros atirados a esta situação pelo governo em que, até outro dia, ele trabalhava.
O notável no seu apelo é a suprema concessão que ele se dispõe a fazer. Depois de 13 anos à sombra do poder, aceitará sujeitar-se a um cargo em que precisará comprovar eficiência, prestar contas a algum burocrata e não disporá de benesses oficiais. Aliás, a falta dessas benesses já começou a se manifestar na quinta-feira última (12), quando sua exoneração foi publicada no "Diário Oficial".
De repente, as ruas pararam de se abrir ou fechar à sua passagem. Os aviões e helicópteros da FAB já não o esperam na pista com o motor ligado. O carro com motorista foi servir a outro senhor. Não mais cartões corporativos com crédito ilimitado, auxílio-moradia, reforma do apartamento, conserto ou troca de eletroeletrônicos, criadagem de 20 pessoas e conta aberta em supermercados e importadoras de bebidas, tudo à custa do erário. Não mais as diárias em dólar para viagens oficiais ao exterior, reembolso do aluguel de flats cinco estrelas, férias em Fernando de Noronha ou camarotes da Fórmula 1, do Rock in Rio e do Carnaval carioca a convite da Petrobras.
Falando nisso, o que será dos "movimentos sociais"? De onde tirarão o dinheiro para pagar os deslocamentos de seus associados em caminhões, ônibus e aviões para fazer número em manifestações?
Sorte de Dilma, que, pelos próximos meses, continuará dispondo de casa, comida, roupa lavada, salário, plano de saúde, avião e auxílio para manutenção de sua bicicleta.

Centrão ameaça criar “liderança da maioria” caso Temer prestigie DEM ou PSDB


Por Painel

O poderoso centrão O centrão, grupo político que definiu o impeachment de Dilma Rousseff na Câmara, já fala em retaliações ao governo Michel Temer caso ele indique para a liderança do governo na Casa um nome do DEM ou do PSDB. Se o Planalto insistir, os deputados prometem instituir a “liderança da maioria” para concorrer com a do governo, enviando uma clara mensagem de fragilidade ao Executivo, que vende dias de tranquilidade nas votações de sua agenda econômica no Congresso.
Diga ao povo Os partidos do centrão, entre eles PP, PTB e PSC, estão incomodados com o poder do DEM, que levou a Educação e acumulou a pasta da Cultura.
Troca com troco Uma possibilidade de acordo chegou a ser aventada com a antiga oposição: um dos dois grupos assumiria a liderança do governo no Congresso, invertendo depois os papéis. O acerto ainda não vingou.
Ninguém se mexe O chanceler José Serra manterá o embaixador Sérgio Danese, secretário-geral do Itamaraty, bem como os demais integrantes da equipe.
Ninguém se muda No Ministério da Indústria, Comércio e Serviços, os secretários foram avisados de que todos na pasta permanecerão, incluindo o secretário-executivo, Fernando Furlan.
Ninguém se salva Pesquisa do Ipsos mostra que a imagem da classe política está em frangalhos. Para 86% dos entrevistados, falta um político a que se possa confiar e 79% não se sentem representados por nenhum partido.
No chão A confiança nas instituições está abalada. Mais de 50% não confiam no Congresso, nos governos municipal e estadual, nas eleições e nos sindicatos. Metade não confia no governo federal. As Forças Armadas estão melhores: só 20% não confiam.

Não estou disposto
Ao ser perguntado qual conselho daria a Michel Temer, o ex-presidente José Sarney, foi econômico: “Conselho e água benta só damos a quem pede”.
Vou precisar Dilma Rousseff pediu o Airbus presidencial — a aeronave que usava quando estava no exercício do cargo — para ir a Porto Alegre, onde vivem filha e netos.
Tem, mas acabou Mas a área militar negou a solicitação. A presidente afastada teve de visitar a família voando de Legacy, modelo usado por Michel Temer nos tempos de vice-presidente.
Tem, mas acabou 2 Ao deixar o Planalto, Dilma levou consigo os cargos de maiores salários, deixando Temer sem postos de alta remuneração para contratar sequer sua chefe de gabinete.
Se joga, querida Ao definir a estrutura que seria usada por Dilma no Alvorada, Renan Calheiros não especificou o número máximo de funcionários nem quantos cargos comissionados do alto escalão, os chamados DAS, ela teria direito.
Roda mundo Marco Aurélio Garcia, ex-assessor especial de Dilma, ficará encarregado de comandar a reação internacional ao impeachment. Um auxiliar diz que é preciso reunir o apoio de nações “menos bolivarianas”.
Oi, amigos! Um dos principais alvos serão os países do Brics — Rússia, Índia, China e África do Sul. Dilmistas não nutrem muita esperança de reverter a posição da Argentina, que tem se mantido neutra.
Quem ri por último Os vereadores de SP seguem dispostos a dar palavra final sobre o Uber. Apesar do decreto de Fernando Haddad ter regularizado o serviço, as negociações na Câmara seguem. “Lei é maior que decreto. Faremos a nossa”, diz um líder.
Todo mundo feliz A ideia é manter o Uber funcionando, mas fazer um aceno aos taxistas, acatando algumas das reivindicações.

PORTAL UOL


Com chuva em Porto Alegre, Dilma opta por retornar a Brasília na segunda-feira


Estadão Conteúdo.

A presidente da República afastada, Dilma Rousseff, decidiu retornar a Brasília na segunda-feira de manhã, em horário ainda não definido. A justificativa é o mau tempo em Porto Alegre. Choveu forte na capital gaúcha durante boa parte do dia e o avião usado por Dilma é um jato da Força Área Brasileira (FAB), de porte pequeno. Segundo assessores, por cautela ela preferiu deixar a viagem para amanhã, quando o tempo estiver mais firme. À tarde, ela tem reuniões no Palácio do Alvorada.
Dilma chegou a Porto Alegre na noite de sexta-feira para passar o fim de semana ao lado da filha, Paula Araújo, e dos netos, Gabriel e Guilherme. Ela não participou de nenhuma agenda política e sua única aparição pública foi no sábado de manhã, quando andou de bicicleta na orla do Guaíba, que fica nas proximidades de seu apartamento, na zona sul da cidade. Acompanhada de seguranças, Dilma pedalou por quase uma hora e acenou sorridente para os cidadãos que lhe cumprimentaram.
A expectativa, até hoje de manhã, era de que a petista voltasse para Brasília nesta tarde. A Frente Brasil Popular no Rio Grande do Sul chegou a convocar um ato de desagravo a Dilma no Aeroporto Salgado Filho, onde embarcaria, para que simpatizantes lhe levassem apoio e solidariedade antes da decolagem neste domingo.
Por volta do meio-dia, assessores de Dilma informaram que ela iria para Brasília hoje ou amanhã, "a depender das condições climáticas". Pouco depois, a Frente Brasil Popular cancelou o ato, citando também o tempo ruim. A assessoria do grupo disse que, de qualquer forma, uma comitiva de lideranças iria ao aeroporto encontrar Dilma. O presidente do PT no Rio Grande do Sul, Ary Vanazzi, já estava no local quando foi avisado de que os planos tinham mudado.
Dilma quase sempre aterrissa na Base Aérea de Canoas, na região metropolitana de Porto Alegre, como ocorreu nesta sexta-feira. Muitas vezes, porém, ela retorna pelo Aeroporto Salgado Filho, mais próximo de sua residência, em Porto Alegre. Neste meio tempo, a aeronave é deslocada. Conforme a assessoria da Infraero, apesar da chuva forte de hoje o Aeroporto Salgado Filho não deixou de operar em nenhum momento do dia.

JORNAL FOLHA DE PERNAMBUCO


Betinho vai a Jungmann tratar do HUB da Latam


Alex Ribeiro

Passada a turbulência em Brasília, o deputado federal Betinho Gomes (PSDB) vai se dedicar, agora, à implantação do HUB da Latam no Recife. A primeira providência do parlamentar é solicitar uma audiência ao ministro Defesa, o pernambucano Raul Jungmann. Para que o Estado possa consolidar a candidatura do Aeroporto dos Guararapes como sede do empreendimento na capital pernambucana, a cessão do terreno da Base Aérea do Recife é um fator imprescindível. A doação da área é de competência da Aeronáutica, força armada ligada do Ministério da Defesa.
Embora possua o maior terminal de passageiros entre as cidades concorrentes (Fortaleza e Natal são as outras que disputam o centro de conexões), o Aeroporto dos Guararapes só terá condições de abrigar o HUB se for expandido, o que só será possível com a incorporação do terreno da Aeronáutica.
“Acredito ser o momento de retomarmos o debate em torno de um tema importante para o nosso Estado. E a cessão do terreno da Base Aérea é a única possibilidade de sermos competitivos. Pedi uma audiência com o ministro e estou enviando uma carta, convocando deputados e senadores da bancada de Pernambuco a se unir nessa mobilização. O HUB pode mudar a realidade do Estado. Estamos falando de milhares de empregos e um incremento de bilhões de reais na economia local”, ressaltou o tucano. O parlamentar também fará contato com o secretário estadual de Turismo, Esportes e Lazer, Felipe Carreras.
Na avaliação do tucano, é nesse momento, no qual parlamentares pernambucanos podem trabalhar em favor de Pernambuco. “Com o novo governo, temos um novo ministro da Defesa, de Pernambuco. O colega Raul Jungmann. A solicitação a ser feita a ele de imediato é a análise do processo de doação a fim de que possa ser agilizado, garantindo uma participação competitiva do Recife nessa disputa”, defendeu Betinho Gomes.

OUTRAS MÍDIAS


PORTAL DE OLHO NO TEMPO METEOROLOGIA (SP)


Novo governo religa radares meteorológicos desativados

Após restrição de repasse de verbas orçamentárias estipuladas pelo governo federal no mês de abril, o novo governo que assumiu o país ordenou a religação de cinco radares meteorológicos controlados pela Força Aérea Brasileira (FAB).
Os equipamentos, cruciais no monitoramento meteorológico, principalmente em situações de chuvas volumosas ou tempestades, voltaram a operar no Distrito Federal (Gama), Espírito Santo (Santa Teresa), Minas Gerais (Três Marias), Rio de Janeiro (Petrópolis) e São Paulo (São Roque) no dia 06 de maio, mas somente na última semana, o governo garantiu o repasse da verba para a manutenção.
Ao todo, 23 radares meteorológicos estão instalados no Brasil e 11 haviam sido desativados pelo governo federal no último mês. Os equipamentos em regiões menos povoadas, principalmente na Amazônia, ainda não foram religados. A manutenção de cada radar meteorológico é de aproximadamente R$ 100 mil por mês.

PORTAL OLHAR DIGITAL


Satélite brasileiro transmite a 80 Gbps e vai levar internet para todo o país

Internet banda larga para quem não tem acesso, principalmente para as regiões mais afastadas do Brasil. Esta é a promessa do primeiro satélite de comunicação e defesa 100% nacional. O que chama atenção neste satélite é sua alta capacidade de transmissão de dados que pode chegar a incríveis 80 gigabits por segundo. Apesar da altíssima capacidade, este satélite não vai fazer qualquer diferença para quem vive nas grandes cidades e já tem acesso.
A explicação é econômica. Neste satélite, o preço do megabyte ainda é mais caro para lugares onde já existe ou seja possível construir rotas de fibra óptica para oferecer acesso à internet. De qualquer forma, existem diversos pontos no país onde não vale a pena ou é simplesmente impossível levar fibra óptica - principalmente locais onde o número de usuários é pequeno demais. Nestes casos, o satélite é a solução.
O interessante é que, em um segundo momento, satélites com capacidade de transmissão ainda maior - podendo chegar a 300 gigabits por segundo de velocidade - aí, sim, o preço do megabyte vai ser bem inferior ao da fibra; pelo menos é o que se imagina. Com esta previsão, é possível pensar em satélites que melhorem significantemente a qualidade da internet de todo o país, inclusive nas grandes metrópoles. Se animou? Calma, esta previsão é só para daqui mais 5 ou 8 anos.
A previsão de lançamento do Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações Estratégicas é dezembro deste ano. Ele deve entrar em operação ainda no primeiro trimestre de 2017. Outra notícia boa - esta para a segurança do Brasil - é que, quando estiver em órbita, este satélite terá 30% da sua banda de uso exclusivo militar, o que vai garantir a soberania do país em transmissões de informações estratégicas.

SITE DO GILBERTO AMARAL


Brasil mais tranquilo
A interinidade do presidente Michel Temer vem trazendo - e assim será cada vez mais -, uma tranquilidade ao país. Isso naturalmente já parte da figura de Temer como político experiente, ocupando cargos expressivos na República. Na vice-presidência ele fez e tentou fazer muito mais pelo país. O mau humor, a prepotência da presidenta Dilma praticamente o deixou embutido em poder realizar alguns feitos.
Convívio
Hoje as coisas mudaram de pior para melhor. Num relacionamento humano, perfeito, natural do presidente com seus auxiliares. Temer dará ouvidos aos seus ministros, procurando com eles resolver os problemas, que são muitos. E ele determinou a todos os órgãos federais que não seja retirada a fotografia da presidenta Dilma.
Boa escolha
O presidente em exercício Michel Temer merece bola branca pela escolha do general Sérgio Etchegoyen para ministro da Secretaria de Segurança Institucional. Fiquei conhecendo o general recentemente num momento triste, que foi o sepultamento do nosso saudoso amigo general Leônidas Pires Gonçalves.
Banco Central
O competente ministro da Fazenda, Henrique Meirelles jamais deveria ter dado uma entrevista à imprensa como aquela da última sexta-feira. Mesmo com sua experiência e inteligência, não está meio por cento por dentro da tragédia econômica que atravessa o país. Aproveitou para anunciar que somente nessa segunda-feira decidirá o nome do presidente do Banco Central. Poderá ficar o Alexandre Tombini. Até aí tudo bem.



Leia também:









Receba as Últimas Notícias por e-mail, RSS,
Twitter ou Facebook


Entre aqui o seu endereço de e-mail:

___

Assine o RSS feed

Siga-nos no e

Dúvidas? Clique aqui




◄ Compartilhe esta notícia!

Bookmark and Share



Eventos






Publicidade






Recently Added

Recently Commented