|

Super Tucano da Fumaça sobrevoa os Andes pela primeira vez



Super Tucano da Fumaça sobrevoa os Andes pela primeira vez ...

Uma missão histórica pede um cenário de peso. Depois de quase 2.800 km voados, três paradas técnicas para reabastecimento e repouso dos pilotos e centenas de documentos apresentados e checados pelos órgãos oficiais internacionais, a Esquadrilha da Fumaça finalmente pousou em Santiago, no Chile. Mas a jornada, que começou na última terça-feira (29) e terminou nesta quinta (31), passou por um último desafio: a Cordilheira dos Andes.

 A maior cadeia de montanhas do mundo recebeu pela primeira vez as aeronaves A-29 Super Tucano do Esquadrão de Demonstração Aérea (EDA), implantadas em 2015, e o C-130 Hércules, do Primeiro Grupo de Transporte de Tropa (1 GTT), aeronave de apoio da missão. Por cerca de 8 mil quilômetros com picos de mais de 6 mil metros de altura, as aeronaves brasileiras pintaram de verde e amarelo uma geografia dominada pelo branco dos picos nevados. Um dos pontos de destaque na travessia é o visual do Pico do Aconcágua, que atinge 6.962 metros de altitude e está coberto com camadas de neve.

“Para mim foi um prazer enorme fazer esse voo. Cruzar os Andes pela primeira vez, com a Esquadrilha da Fumaça, e no dia do meu aniversário. Estou vibrando. Cenário fantástico”, resumiu o Capitão Aviador Glauber Lage M. Claver Silva, o número #4.

Os picos altos e irregulares da cordilheira representam mais um desafio para os aviadores e por isso exigem atenção redobrada. “Pelas características únicas da região, nossa preocupação maior está no planejamento bem feito. Temos que avaliar todas as possibilidades e definir quais seriam as possíveis reações. Realizamos, por exemplo, treinamentos de como realizaríamos as separações entre as aeronaves em caso de mau tempo”, explica o número #2, o Capitão Aviador Cléryson Wander Teixeira.

Segundo ele, a precisão do Super Tucano é fundamental para a navegação. “Com mais tecnologia e novos equipamentos, não só o conforto do piloto, mas a confiabilidade, a precisão da aeronave cresceu muito. É outro nível de desempenho”, conclui.

FIDAE
O maior evento de aviação, segurança e defesa do hemisfério sul, a FIDAE,  terminou neste domingo (03) em Santiago. A Feira é palco da primeira demonstração internacional da Fumaça com os caças A-29 Super Tucano.

Com o fim das demonstrações no Chile, a Esquadrilha segue para Córdoba, na Argentina, onde realiza a última demonstração dessa temporada fora do Brasil.


Leia também:









Receba as Últimas Notícias por e-mail, RSS,
Twitter ou Facebook


Entre aqui o seu endereço de e-mail:

___

Assine o RSS feed

Siga-nos no e

Dúvidas? Clique aqui




◄ Compartilhe esta notícia!

Bookmark and Share



Eventos






Publicidade






Recently Added

Recently Commented