|

Emirates torna-se primeira e única operadora de uma frota completa de Airbus A380 e Boeing 777


Emirates torna-se primeira e única operadora de uma frota completa de Airbus A380 e Boeing 777 ...


São Paulo, novembro de 2016 – Em coerência com a premissa de oferecer uma experiência superior aos passageiros e melhorar o desempenho por meio de uma frota moderna de aviões de fuselagem larga, a Emirates anunciou que retirou os últimos Airbus A330 e A340 de sua frota em serviço. Agora, a Emirates é a primeira e única companhia aérea do mundo a operar toda a frota com o Airbus A380 e o Boeing 777 em todos os voos.

A Emirates recentemente também aposentou o A6-EAK de seus serviços operacionais. A aeronave foi a última dos 29 Airbus A330 que estavam em operação. O A6-EAK ingressou na Emirates em 2002 e contabilizou mais de 60 mil horas de viagem e aproximadamente 45 milhões de quilômetros em 14,5 anos. Esta distância é equivalente a quase 60 viagens de ida e volta entre a Terra e a Lua. A Emirates também retirou o A6-ERN de serviço, último Airbus A340 da frota da companhia, que operava desde 2004 e foi originalmente fabricado em 1999.

Desde janeiro de 2015, a Emirates retirou 18 aeronaves A330 e 5 A340 de sua frota. A idade média em que o Airbus A330 e o A340 são retirados de operação na Emirates é 16,5 anos, bem abaixo do padrão da indústria, de 25 anos. Além das aeronaves que foram tiradas de serviço desde janeiro de 2015, a Emirates planeja retirar mais 25 aeronaves em 2017 e 2018 para assegurar que a frota permaneça sempre moderna e eficiente, oferecendo aos clientes um alto nível de conforto e segurança.

A retirada de aeronaves mais antigas é equilibrada pela aquisição de aviões mais novos e mais modernos, o que resulta na operação de uma das frotas mais jovens da indústria, com uma média de 5,2 anos. As duas aeronaves mais jovens – o 85º A380 da companhia, o primeiro da nova geração de A380 entregues em outubro de 2016, e o 125º Boeing 777-300ER – têm menos de duas semanas de idade. A frota de Airbus A380 e Boeing 777 terá também menos impacto ambiental, já que as duas contam com maior eficiência de combustível e performance de emissões que as outras aeronaves.

Ainda no calendário de 2016, a Emirates terá entregue 36 novas aeronaves – 20 Airbus A380 e 16 Boeing 777, que também inclui a nova geração de Boeing 777-300ER, com assentos de Classe Executiva reformados e outros detalhes, como menor taxa de queima de combustível – até o fim de novembro de 2016.

A Emirates atualmente é a maior operadora de Airbus A380 e Boeing 777 com 85 Airbus A380 e 160 Boeing 777 em sua frota. Das 234 aeronaves no valor de mais de US$ 112 bilhões que a Emirates já encomendou, 150 serão o novo Boeing 777X, previstos para serem entregues a partir de 2020. As aeronaves contarão com detalhes diferentes para passageiros a bordo, incluindo janelas maiores, tetos mais altos e uma cabine mais larga, além de maior eficiência de combustível.

Sobre a Emirates Airline
A Emirates é uma das companhias aéreas que mais rapidamente crescem no mundo. Recebeu cerca de 500 prêmios internacionais pela sua excelência e conta com 16 milhões de membros Skywards. Atualmente, voa para 155 destinos em 82 países e opera uma frota de 247 aeronaves de fuselagem larga, incluindo o número recorde na indústria de 83 aviões A380. A companhia aérea é a maior operadora mundial de aeronaves A380s e Boeing 777s. Para mais informações, acesse www.emirates.com.


Leia também:









Receba as Últimas Notícias por e-mail, RSS,
Twitter ou Facebook


Entre aqui o seu endereço de e-mail:

___

Assine o RSS feed

Siga-nos no e

Dúvidas? Clique aqui




◄ Compartilhe esta notícia!

Bookmark and Share



Eventos







Publicidade






Recently Added

Recently Commented