|

Aeroporto de Ilhéus capacita fiscais de pátio

Curso-Fiscal-de-Patio-Ilheus-Balizamento


Aeroporto de Ilhéus capacita fiscais de pátio ...

Em 28/4, o Aeroporto de Ilhéus/Jorge Amado (BA) concluiu a segunda fase do Curso de Formação de Fiscais de Pátio e Pistas, capacitando oito profissionais da Infraero para as medidas de inspeção da área de manobras, resposta a emergências e procedimentos de segurança da atividade.

      O treinamento capacitou funcionários dos aeroportos de Ilhéus (3), Salvador (1), Campina Grande (2) e Maceió (2). Nas aulas, foram abordados tópicos como inspeção da área de manobras, operações com baixa visibilidade, programa de prevenção ao acesso não autorizado ao lado ar (incursão em pista) e resposta à emergência, entre outros assuntos.

      O curso, realizado ao longo de uma semana, teve carga de 33 horas-aula. A primeira fase da capacitação, que tratou sobre os processos de sinalização e balizamento de aeronaves, foi realizada entre 5 e 9/10/2015, com carga de 45 horas-aula. A terceira etapa, que envolverá um seminário à distância, ainda será agendada.

   Atribuições dos fiscais de pátio
      Os fiscais de pátio são responsáveis pela manutenção da regularidade e segurança de um dos aspectos mais importantes do cotidiano de um aeroporto, que é a operação dos sistemas de pátio e pista dos terminais.

      Esses profissionais orientam o estacionamento das aeronaves que pousam em um aeroporto, inspecionando a posição onde elas ficarão e o caminho a ser percorrido por elas, removendo objetos que possam ser sugados pelas turbinas dos veículos no caminho antes das manobras.

      Além desse processo, o fiscal de pátio também controla e fiscaliza o tráfego de aeronaves, veículos e equipamentos nos pátios e uma série de outras operações e procedimentos, como o manejo de pontes de embarque; inspeção nas viaturas e equipamentos que transitam no pátio de manobras; controle do movimento de voos não regulares e imprevistos (como um voo que segue uma rota alternada para outro aeroporto, por exemplo), buscando evitar a superlotação de aeronaves no pátio; e, finalmente, o monitoramento da segurança dos pátios e pistas de pouso e decolagem.

      Em resumo, pode-se dizer que esses profissionais participam de alguma forma em quase todos os trabalhos desenvolvidos no dia a dia dos pátios de aeronaves.


Leia também:









Receba as Últimas Notícias por e-mail, RSS,
Twitter ou Facebook


Entre aqui o seu endereço de e-mail:

___

Assine o RSS feed

Siga-nos no e

Dúvidas? Clique aqui




◄ Compartilhe esta notícia!

Bookmark and Share



Eventos






Publicidade






Recently Added

Recently Commented