|

ECEMAR expõe obras de arte





A Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica, durante as comemorações de seu aniversário, abriu suas dependências para renomados artistas. No decorrer do ano letivo, os corredores e salas da ECEMAR são tomados por trabalhos científicos voltados para a política e a estratégia, bem como o preparo e o emprego da FAB. Enriquecendo toda essa esfera específica, uma vez ao ano, os militares que compõem a Guarnição dos Afonsos são inundados pela beleza das artes plásticas presentes no Salão de Artes.

A exposição, que já está em sua 20ª edição, contou com a participação de 59 artistas, que brindaram o evento com 123 obras repletas de talento, sensibilidade, inteligência e beleza. O Salão de Artes da ECEMAR já possui sua própria história. Surgiu da idéia de um entusiasta das artes, o Coronel Aviador Ubirajara Carvalho da Cruz, ao organizar uma exposição, nos anos 80, com as obras dos alunos da Escola. O evento chamava-se “Pratas da Casa”. Em 1991, a exposição passa a se chamar “Salão das Artes Plásticas – Pratas da Casa” e a partir de 1995 foi aberta à participação de toda a sociedade, fazendo com que hoje abrigue artistas de diversas técnicas e tendências.

O evento teve seu encerramento no último dia 25, sendo contemplados os artistas que tiveram suas obras analisadas pela comissão julgadora no dia anterior, nas seguintes categorias:

Premiação Geral: primeiro lugar para Edson Alcides de Góis, pela obra “Apoio Odontológico na II Guerra na Itália”; segundo lugar para Gabriel Vieira, pela obra Homem Pequeno, Touro Pequeno”, com a técnica xilogravura; e terceiro lugar para J. Fernandez, pela obra “A Pata Choca e Seus Patinhos”, com a técnica aquarela mista.

Menção Honrosa: para Tânia Morgado, pela obra “Romântico”; para Vera Ferro, pela obra “A Rainha” e para Arlindo Machado, pela obra “Santa Teresa”, todas com a técnica óleo sobre tela.

Menção Especial: para Lucia Perissé, pela obra “Abstração”, com a técnica acrílica sobre tela; para Rita Abraão, pela obra “A Partida”, com a técnica Aquarela e para Raf, pela obra “Cardoso Moreira – 1930”, com a técnica óleo sobre tela.

Prêmio Jovem Artista: para Rafael Alves, pela obra “Quebra-Mar”, com a técnica acrílica sobre tela.

Prêmio Voto Popular: para Flanklim Serrão, pela obra “Bar do Beco”, com a técnica acrílica sobre tela.

“Neste concurso de pintura eu sempre participo...Sinceramente está cada vez melhor. Desde o início venho acompanhando e... cada quadro mais lindo do que o outro.” J. Fernandez.

Fonte: UNIFA



Receba as Últimas Notícias por e-mail, RSS,
Twitter ou Facebook


Entre aqui o seu endereço de e-mail:

___

Assine o RSS feed

Siga-nos no e

Dúvidas? Clique aqui




◄ Compartilhe esta notícia!

Bookmark and Share



Eventos







Publicidade






Recently Added

Recently Commented