|

Relembre os fatos mais marcantes da FAB de 2016


Relembre os fatos mais marcantes da FAB de 2016 ...


Agência Força Aérea, por Ten Flávio Nishimori ...  


Um ano com muitas novidades. Assim foi 2016. Lançamento da Concepção Estratégica - Força Aérea 100 anos, ações de combate ao mosquito Aedes Aegypti, Rollout do Gripen e incremento de ações na região de fronteira na Operação Ágata 11 foram alguns dos assuntos de destaque no primeiro semestre. Outras missões, como as de transporte de órgãos, de urnas para as eleições também marcaram o dia a dia do efetivo da FAB. Relembre na nossa retrospectiva:

Janeiro
O Comandante da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Nivaldo Luiz Rossato, assinou a Diretriz do Comando da Aeronáutica, a “Concepção Estratégica – Força Aérea 100 anos”, que projeta como será o futuro da instituição. Em janeiro, celebramos também os 75 anos de ativação do então Ministério da Aeronáutica.

Fevereiro
Organizações da FAB em todo o País se engajaram para o combate ao mosquito Aedes Aegypti. O esforço fez parte de uma campanha coordenada pelo governo federal.


Março
O Brasil comemorou os 10 anos do lançamento do Foguete Soyuz. O veículo espacial decolou em 2006, do Cazaquistão, levando a bordo o primeiro astronauta brasileiro, o Tenente-Coronel Aviador Marcos César Pontes.



 Abril
A Esquadrilha da Fumaça realizou a primeira demonstração internacional com o A-29. A apresentação foi em Santiago, no Chile, na Feira Internacional do Ar e Espaço (FIDAE). A FAB enviou um C-105 Amazonas a Quito, no Equador, para levar donativos à população equatoriana atingida por um terremoto. E após 32 anos de atividade, o Bandeirante do GEIV fez seu último voo como aeronave de inspeção sendo substituída pelo Legacy 500.

Maio
O Gripen E/NG foi apresentado em uma cerimônia na sede da empresa Saab, na Suécia. O rollout do “smartfighter” (caça inteligente) contou com a presença do Comandante da Aeronáutica. Outro destaque foi a chegada da chama olímpica ao Brasil. Caças F-5M interceptaram e escoltaram o avião na capital federal. A FAB também recebeu o primeiro H-36 Caracal capaz de ser reabastecido em voo. Foi lançado com
sucesso, na Austrália, o foguete suborbital VS-30/IO V12 com propulsor desenvolvido pelo Instituto de Aeronáutica e Espaço (IAE).

 Junho
O KC-390 realizou o primeiro teste de emprego militar com o lançamento de paraquedistas. A FAB intensificou o controle nas fronteiras do Brasil durante a 11ª Operação Ágata. O Comandante da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro Rossato, confirmou a assinatura
do contrato de locação do Boeing 767-300ER. E vários atletas da FAB já estavam confirmados para os Jogos Olímpicos.
 
Julho
Agosto
A
FAB envolveu-se em diversas atividades nos Jogos Olímpicos e Paralímpicos: defesa aérea, segurança, tráfego aéreo, transporte de tropas, receptivo de autoridades, além da participação de atletas de alto rendimento. O Centro de Gerenciamento da Navegação Aérea (CGNA) registrou uma pontualidade de 95% nos voos em aeroportos de cidades que sediaram competições.

 
Outubro
Até o início de outubro,
a FAB realizou 60 missões de transporte de órgãos. A FAB e a Marinha do Brasil realizaram uma operação inédita de reabastecimento em voo entre os caças A-4 e F-5. Mais de 400 militares da FAB foram empregados nas eleições nacionais. As celebrações do Dia do Aviador e da Força Aérea Brasileira foram realizadas em todo o País, com cerimônias militares e eventos de Portões Abertos.

Novembro

Foi
inaugurado o Centro de Projetos e Desenvolvimento do Gripen (na sigla em inglês: GDDN – Gripen Design Development Network). Sediado em Gavião Peixoto (SP), o Centro é o primeiro marco no processo de transferência de tecnologia do novo caça da FAB. No mesmo mês, o simulador de voo do C-105 da FAB foi homologado pela ANAC. O equipamento permite substituir horas de treinamento com redução de custos.
Dezembro
A FAB participou do
traslado dos corpos das vítimas do acidente com o avião da Chapecoense. As aeronaves C-130 Hércules foram responsáveis pelo transporte das urnas da Colômbia para o Brasil. Um VC-99 Legacy também foi empregado para levar dois sobreviventes até Chapecó (SC).






Leia também:









Receba as Últimas Notícias por e-mail, RSS,
Twitter ou Facebook


Entre aqui o seu endereço de e-mail:

___

Assine o RSS feed

Siga-nos no e

Dúvidas? Clique aqui




◄ Compartilhe esta notícia!

Bookmark and Share



Eventos






Publicidade






Recently Added

Recently Commented