|

ANAC verifica cumprimento de novas regras de assistência aos passageiros






Brasília, 17 de junho de 2010 – Equipes da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) estão percorrendo os principais aeroportos brasileiros para verificar o cumprimento das novas regras da assistência devida pelas companhias aéreas aos passageiros nos casos de atraso de voo, cancelamento e preterição de embarque, previstas na Resolução nº 141 que entrou em vigor esta semana. A regulamentação prevê que o passageiro receba da companhia informações por escrito sobre seus direitos, além de garantir, conforme o caso, reacomodação em outro voo, reembolso, facilidades de comunicação, alimentação e acomodação de acordo com o tempo de espera. Todos esses direitos estão descritos também na página da ANAC na Internet (www.anac.gov.br/dicasanac) e no site Hora de Viajar (www.anac.gov.br/horadeviajar).

Desde o primeiro dia da nova regulamentação, a ANAC verificou que a companhia aérea Webjet disponibilizou aos passageiros todas as informações necessárias, por meio de informativos impressos e cartazes (banners), além de ter tomado as providências devidas quando necessário.

No decorrer da semana, as demais empresas aéreas também passaram a informar seus passageiros sobre os direitos, casos da TAM, Gol/Varig, Azul, Trip, Pantanal e Passaredo. Entre as companhias aéreas estrangeiras, a Lufthansa e a Swiss foram as primeiras a disponibilizar as informações.

As companhias aéreas que ainda não estão cumprindo integralmente a norma já foram advertidas formalmente pela ANAC para que corrijam os problemas, sob pena de receber multas de R$ 4 mil a R$ 10 mil por ocorrência. Essas situações estão sendo apuradas pelos inspetores da ANAC e também por meio das manifestações registradas pelos passageiros, pelo telefone 0800 725 4445 (ligações gratuitas, 24 horas por dia, todos os dias da semana, inclusive em inglês e espanhol) ou pela Internet, no www.anac.gov.br/faleanac. Na segunda-feira (14 de junho), foram registradas 24 manifestações de usuários sobre atrasos, cancelamentos e overbooking (uma das razões de preterição de embarque). Na terça-feira (dia 15), foram 69 manifestações e ontem (dia 16), 30 registros.

A ANAC intensificou a fiscalização e acreditamos que também o passageiro, bem informado sobre a norma, contribui para que a regulamentação seja cumprida”, afirma Juliano de Alcântara Noman, superintendente de Regulação Econômica e Acompanhamento de Mercado da ANAC.

Inspetores da ANAC visitam nessa semana os aeroportos de Guarulhos e Congonhas (em São Paulo), Galeão (Rio de Janeiro) e Brasília. Estão no cronograma da Agência inspeções no Santos Dumont (Rio de Janeiro), Salvador, Porto Alegre, Curitiba, Confins (Belo Horizonte), Recife, Fortaleza, Viracopos (Campinas), Manaus e Belém. Outros aeroportos podem ser incluídos de acordo com a demanda.

A ANAC também iniciou a distribuição do primeiro lote de 15 mil exemplares da cartilha que descreve os novos direitos dos passageiros. Nas próximas semanas, um novo lote, com mais 15 mil exemplares, estará disponível. A Infraero, que administra os principais aeroportos brasileiros, também está contribuindo com a prestação de informação aos passageiros e afixou banners nos terminais.

Fonte: ANAC




Receba as Últimas Notícias por e-mail, RSS,
Twitter ou Facebook


Entre aqui o seu endereço de e-mail:

___

Assine o RSS feed

Siga-nos no e

Dúvidas? Clique aqui




◄ Compartilhe esta notícia!

Bookmark and Share



Eventos







Publicidade






Recently Added

Recently Commented